Páginas

14 dezembro 2014

Sou Vinícius


Sim, sou Vinícius. Vinícius de Moraes.

Assim como Vinícius sou movida a paixões. Sempre relutei para mudar e ser mais racional, mas a cada momento era uma paixão que me movia, que me levava, assim como Vinícius.


Como eu, Vinícius, se apaixonou e amou profundamente, se perdeu e sofreu, mas foi muito feliz também. Moraes de Vinícius escreveu poemas apaixonados e músicas que despertam a nossa insensatez.


Pego o sentimento e o vomito em meus textos, o deixo eterno não somente nas minhas lembranças, mas também em minhas escritas, às vezes tento ser como Vinícius.


Mas sou Vinícius ao me deliciar pela bossa e formosura da Cidade Maravilhosa, ao ser boêmia, conversar e cantar com um copo na mão, ao ter uma rotina jurídica por um lado e uma vida apaixonada por outro e principalmente em reconhecer os amigos senão a vida seria impossível. Sim, Vinícius me ensinou que a esperança é um bem gratuito.



Vivo cada grande amor como se fosse o primeiro, sempre acompanhada da minha amiga solitária, a paixão. E somente ela poderia ser solitária, pois como Vinícius não admito a solidão, quero sempre estar rodeada pelas boas amizades.


Tenho e sempre terei meus Chicos, Tons e outros e com eles também terei grandes parcerias.


Vinícius. Confusos e distintos. Não fui seu Vinicius de Moraes e ele não foi minha Beatriz de Azevedo. Paixões nunca são iguais, pessoas não são iguais, mas sempre se encaixam nas palavras de Vinicius de Moraes.


São vários os lados, mas esses são alguns que me fazem como Vinicius.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Copyright © 2013 | Design e Código: Amanda Salinas | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal